terça-feira, 11 de junho de 2013

BIBLIOFESTA

            A Bibliofesta é a festa da Biblioteca realizada no final do ano letivo para relembrar as atividades que a Biblioteca desenvlveu.


      Este ano a Bibliofesta realizou-se no dia 5 de junho e contou com a animação do Clube de Leitura.









Histórias com sorrisos

  
     HISTÓRIAS COM SORRISOS foi um concurso promovido pela Biblioteca Escolar, no âmbito do projeto SOBE (Saúde Oral e bibliotecas Escolares). Aqui ficam os textos vencedores.




A BAILARINA DE SORRISO MARAVILHOSO
 

      A Joana era uma menina que frequentava a escola de dança. Adorava dançar, dançar, sem parar. Apesar de ser uma boa bailarina poucos rapazes gostavam de dançar com ela. Ela não entendia porquê, até que um dia teve uma grande dor de dentes.
      Ao chegar a casa ia a chorar e a mãe perguntou-lhe:
      _ O que se passa, Joana?
      _ Tenho uma dor de dentes enorme.
      _ Então vou já telefonar ao dentista e amanhã tens de certeza uma consulta.
      No dia seguinte foram as duas ao dentista, que verificou que a Joana tinha uma cárie que era preciso tratar, mas para além disso tinha mau hálito porque ela nunca lavava os dentes.
     O dentista indignado disse:
      _ Como é possível que uma menina tão bonita e boa bailarina, não saiba que é preciso lavar os dentes todos os dias, de manhã e depois das refeições? Não admira que estejas com uma cárie e que a tua boca não cheire bem. Quero-te cá pelo menos três vezes por ano para ver esses dentes e cuidar deles, e não te esqueças de substituir a escova de dentes de três em três meses.
      A Joana estava admirada, nunca tinha pensado que era tão importante cuidar bem dos dentes para ter um sorriso bonito e para ter um bom hálito.
      _ Senhor Doutor, nunca mais me vou esquecer dos seus conselhos, vou já comprar uma pasta nova e uma escova.
      A partir desse dia a Joana tinha o maior cuidado com os seus dentes que se tornaram branquinhos e o seu sorriso era por todos apreciado.
      Um dia quando chegou à escola de dança os seus colegas disseram-lhe
      _ Nem pareces a mesma Joana, o teu sorriso é agora maravilhoso.
      _ Obrigada, disse a Joana, mas vou ensinar-vos o meu segredo, chama-se o segredo da saúde oral. E repetiu-lhes os  conselhos que o médico dentista lhe tinha dado: lavo os dentes todos os dias e vou uma vez por ano ao dentista.
      A partir daquele dia, a Joana sempre teve os parceiros que queria para dançar, o seu sorriso encantava-os.


   A QUEDA DO DENTE DO LEITE




  -Olá! Eu chamo-me Dente De Leite, mas podem-me chamar Dentinho, e tenho uma sorte! Sabem porquê? Porque a minha dona lava tão bem os dentes, estamos tão brancos que todos os dentes dos amigos da minha dona me elogiam! A melhor amiga da minha dona tem os dentes todos podres. Que nojo! Vou chamar um dente dessa amiga! Canino!
  - Olá!
  - Olá, Canino! O que queres?
  -Estou a dizer aqui aos meus amigos para lavarem os dentes depois de comerem e preciso que eles te vejam, mostra-te mais se faz favor que estás ai escondidinho!
  -Obrigado por me mostrares, Canino!
  - De nada!
  - Ah! Ainda não vos contei que eu estou quase a cair, amanhã a minha dona vai ao dentista para o dentista me tirar!
  No dia seguinte, o Dentinho caiu.
  -Olá outra vez, estou quase a cair: 3, 2, 1, 0! Já está!
  Entretanto anoiteceu.
  -A minha dona está-me a por debaixo da almofada para a fada madrinha me recolher!
  A fada madrinha chegou, e disse:
  -Que dente tão belo, só por isso vou deixar aqui o bombom mais suculento de todos!
  E foi-se embora.
   A minha dona quando acordou teve uma bela surpresa. Debaixo da sua almofada estava um bombom delicioso!



                                                O SORRISO REAL




      Era uma vez uma menina chamada Alice que tinha um amigo chamado Bruno. A Alice era uma menina muito bonita, com uns grandes olhos verdes, cabelos ruivos e com uma cara laroca. Era muito vaidosa, mas toda a gente gostava dela porque era muito divertida. Um dia convidou o Bruno para jantar em sua casa.
      O Bruno era um desleixado, não ligava nenhuma à sua roupa, nem à sua higiene, apesar de ser muito brincalhão e bonito. Depois de comer nunca lavava os dentes.

   No dia em que foi comer à casa da Alice, esta reparou que ele tinha mau hálito e cáries. Então ela disse-lhe:
      _ Vamos marcar uma consulta no dentista, pois tens que tratar dos dentes e tens que por um aparelho, pois tens os dentes tortos.
     No dia seguinte pela manhã foi marcar a consulta para sábado à tarde, às 16h00 .
     Logo no sábado de manhã o Bruno estava nervoso por ir ao dentista, tinha medo. À hora marcada a Alice chegou à clínica e o Bruno tremia de medo, então ela disse-lhe:
     _ Não tenhas medo,  não vai doer nada, pois o médico vai-te por anestesia . Quando o Bruno entrou e se colocou na cadeira, o médico colocou massa nos dentes porque o dente dele estava com um buraco. A seguir mandou-lhe lavar os dentes e também lhe colocou uma mordedura com uma pasta com sabor a morango.
      O Bruno já estava mais calmo e até achou piada ao tratamento, disse para a Alice.
      _ Afinal isto não dói nada, até é divertido ver o dentista a trabalhar. Os meus dentes estão bonitos?
      _ Estás um gato, bonito, bonito, vais arranjar uma namorada na escola.
      O dentista ria-se e disse-lhe:
     _ Agora só falta colocares o aparelho, vais ficar bem bonito.
      A Alice e o Bruno, já estavam para sair, mas o dentista disse-lhes:
      _ Para terem uns dentes bonitos e saudáveis é preciso lavar os dentes logo de manhã e depois das refeições, trocar de escova dos dentes de três em três meses e ir ao dentista para ver se está tudo bem, três vezes por ano, pois na vossa idade as cáries aparecem com frequência. Se fizerem tudo isto nunca vos vai doer os dentes, vão ficar com um bom hálito, e, Bruno, as namoradas não te vão faltar.
      Depois o dentista deu-lhe uma escova e uma pasta de dentes. Ele estava feliz e a amiga disse-lhe:
       - Estás bem assim, com os dentes novos, tens um sorriso real e lindo.
      Saíram da clínica e o Bruno encontrou um amigo triste porque tinha os dentes escuros e o  Bruno disse-lhe:
      - Não fiques triste, vai ao dentista, que ele resolve-te o problema.
      O Bruno quando cresceu casou com a Alice e tirou o curso de dentista. Ele sentiu que podia ajudar toda gente a ter um belo sorriso. Então foi trabalhar na maior empresa dentária do mundo que fazia próteses lindíssimas.
    
Não te esqueças que a saúde oral começa pela higiene diária, que deve fazer parte das nossas rotinas .




sexta-feira, 7 de junho de 2013

Concurso de Leitura


  À semelhança dos anos anteriores, foi dinamizado pelos professores de Língua Portuguesa do 2º ciclo o Concurso de Leitura, destinado a alunos do 5º e 6º ano de escolaridade. Aqui ficam os trabalhos vencedores.


     
      PARABÉNS!